1982

Fui à Bahia passar uns dias com Inês, minha irmã. Ela morava com o marido Gerald e tinham uma casa na “Ladeira da Baronesa” ou “ Escada da Baronesa”, no Tororó.

Dividiam a casa com outro casal e só tinham um prato! Inês comia no prato e Gerald na própria panela. Quando eu cheguei, Inês me cedeu o prato e passou a comer na tampa da panela.

Eram assim as coisas naquele tempo.

Com Arly Arnaud (Lili), minha cunhada, que morava na mesma rua.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.