1972

Eu fazia 3° ano médico e morava  com Assis; o lugar era um “vão”, com banheiro minúsculo e assustador, nos fundos do número 975 da rua Pinto Martins,  no bairro Petrópolis, em Natal .

Os armários exalavam mofo e umidade. Aí tirávamos as portas e usávamos abertos. Não havia geladeira nem qualquer tipo de conforto. A louça era lavada em uma bacia, não havia pia de cozinha.

Éramos muito felizes, a casa vivia cheia de gente, ouvíamos música, líamos e eu estudava e trabalhava pra caramba.

A porta da frente eu pintei de amarelo, com ondas coloridas em azul, laranja e vermelho.

Depois, em 1975 fomos morar na casa de cima, que tinha 2 quartos, sala, cozinha e banheiro. Um palácio!

Os imóveis pertenciam a Lurdinha Cortez, irmã do ex-governador Cortez Pereira.

Eu dormia nesse colchonete. Assis, na rede. Depois, arranjamos uma cama de solteiro, marca Patente, com colchão de palha. Hoje ninguém sabe mais o que é isso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.